Confidências duma Balzaquiana desiludida com alguns homens e surpreendida com outros

26
Ago 08

Quando somos magoados por alguém a quem nos dedicámos e que não soube ou não quis apreciar-nos, dizemos a posteriori  que fizemos uma má escolha.

Pessoalmente não concordo. Porque não escolhi a pessoa que me magoou.

O envolvimento que temos com outro ser humano depende de muitos factores sendo o principal  aquilo a que chamamos "química" . Existe ou não existe.

E o que acontece na maioria das vezes é que apesar de existir como que uma afinidade, uma identificação entre dois seres- o que agora é moda de apelidar de "almas gémeas" - a vida e as circunstâncias de cada um são de tal maneira divergentes que o sentimento e a química não são suficientemente fortes para anular tudo o resto.

E assim acaba cada um para seu lado, a pensar que não deu certo porque.....

É tão fácil imputar ao outro defeitos, fazer críticas em relação a vários aspectos da sua personalidade enfim arranjar desculpas para a fuga em frente.

Mas se ao invés tivesse investido no relacionamento , se se tivesse empenhado em conhecer e compreender o outro talvez as diferenças e os tais defeitos fossem apenas maneiras diferentes de ver e interpretar a vida.

Porque não somos donos da verdade e se em sociedade respeitamos as diferenças porque não o fazemos numa relação?

Talvez porque isso implica comprometer-se, envolver-se e acima de tudo aceitar e respeitar o outro. E é muito mais fácil fugir e ir procurar o par ideal, feito por encomenda.

Que nunca existe.

E pior ainda é criar-se uma fotografia do outro que não é real e claro que  não"encaixa" , logo o melhor é afastarmo-nos e fingir que nada aconteceu. Magoando e mentindo. Tudo para evitar ser honesto e franco.

Por isso algumas pessoas passam a vida a ter relacionamentos que "não deram" , passam a vida à procura do que não existe.

Negando os seus sentimentos, fugindo do outro e de si mesmos.

 

Balzaquiana às 21:55
sinto-me: pensadora
música: Love's Divine - Seal

blogs SAPO
mais sobre mim
Gosta de alguém que te ame, alguém que te espere, alguém que te compreenda mesmo nos momentos de loucura; de alguém que te ajude, que te guie, que seja o teu apoio, a tua esperança, teu amigo. Gosta de alguém que não te traia, que seja fiel, que sonhe contigo, que pense em ti, que pense no teu rosto, na tua delicadeza, no teu espírito. Gosta de alguém que sofra junto contigo, que ria junto a ti, que limpe as tuas lágrimas, que te abrigue quando necessário, que fique feliz com as tuas alegrias e que te dê forças depois de um fracasso. Gosta de alguém que volte para conversar contigo depois das brigas, depois do desencontro, de alguém que caminhe junto a ti, que seja teu companheiro, que respeite as tuas fantasias, as tuas ilusões. Gosta de alguém que te ame, que te respeite, que seja teu cúmplice. Gosta de alguém que te ame. Não gostes apenas do Amor, gosta de alguém que sinta o mesmo sentimento por ti, que goste realmente de ti.
As imagens aqui utilizadas foram quase todas retiradas da Internet
blogs SAPO