Confidências duma Balzaquiana desiludida com alguns homens e surpreendida com outros

06
Ago 08

E não há nada que nos deixe mais distraídos do que a paixão. Ficamos como o macaco: cegos, surdos e mudos em relação ao que se passa à nossa volta.

Apenas vemos o que queremos ver, ouvimos só o que queremos ouvir e dizemos tudo o que sentimos sem qualquer filtro.

Pois se eu não estivesse com falta de vista teria percebido que qualquer coisa tinha entretanto mudado.

Mas lá fui de férias e como apesar do roaming continuava a receber telefonemas para mim tudo estava bem.

 

Quando regresso é que me apercebo de que estranhamente ele estava muito ocupado. Não podia encontrar-se comigo para almoçar porque "tinha uma reunião ao meio-dia", não tinha tempo para falar comigo porque "estava numa reunião", as minhas chamadas eram recusadas enfim evitava-me .

Soou uma campainha na minha cabeça: este sujeito está a querer afastar-se. Mas como sou teimosa e gosto de tudo bem esclarecido comecei a insistir nas raras vezes que me atendia o telefone de qual o motivo para a mudança de comportamento. Resposta? "Não se passa nada eu é que estou com muito trabalho!"

Pois sim.

Entretanto no início do mês de Outubro lá concordou em ir ter comigo para jantar.

Telefonei 2 dias antes a confirmar o dia e a perguntar as horas e : " Jantar 5ª feira? Esqueci-me". Saltou-me a tampa. E disse-lhe que achava que era uma falta de consideração por mim ter-se esquecido.

Muito zangado disse-me que  tinha coisas mais importantes em que pensar....de mal a pior. Então apenas lhe respondi que se não se lembrava e não tinha tempo que podia esquecer e desliguei a chamada.

Fiquei magoada e ao mesmo tempo indignada.

Que fez o cavalheiro? Telefonou no dia seguinte para me comunicar que ia ver se conseguia ir ter comigo para jantar. Ok respondi-lhe ,se quiseres aparecer diz-me apenas a que horas.

Fim de conversa.

No dia do jantar telefonou várias vezes durante a tarde porque só pensava que se ia despachar tarde e que antes das 8 horas não devia lá estar . E que estava muito chateado por eu estar à espera dele sózinha.

Sosseguei-o quanto ao estar só. Tinha combinado com uma amiga tomar um café e pôr a conversa em dia por isso que não se preocupa-se comigo.

E às 8 horas em ponto estava a telefonar a  dar-me conhecimento que tinha chegado e que ia já ter comigo. 

Balzaquiana às 21:03
sinto-me:
música: Melancholic Balad- Fingertips

blogs SAPO
mais sobre mim
Gosta de alguém que te ame, alguém que te espere, alguém que te compreenda mesmo nos momentos de loucura; de alguém que te ajude, que te guie, que seja o teu apoio, a tua esperança, teu amigo. Gosta de alguém que não te traia, que seja fiel, que sonhe contigo, que pense em ti, que pense no teu rosto, na tua delicadeza, no teu espírito. Gosta de alguém que sofra junto contigo, que ria junto a ti, que limpe as tuas lágrimas, que te abrigue quando necessário, que fique feliz com as tuas alegrias e que te dê forças depois de um fracasso. Gosta de alguém que volte para conversar contigo depois das brigas, depois do desencontro, de alguém que caminhe junto a ti, que seja teu companheiro, que respeite as tuas fantasias, as tuas ilusões. Gosta de alguém que te ame, que te respeite, que seja teu cúmplice. Gosta de alguém que te ame. Não gostes apenas do Amor, gosta de alguém que sinta o mesmo sentimento por ti, que goste realmente de ti.
As imagens aqui utilizadas foram quase todas retiradas da Internet
blogs SAPO