Confidências duma Balzaquiana desiludida com alguns homens e surpreendida com outros

21
Dez 08

Triste realidade: as nossas avós estavam enganadas!

Naqueles tempos os Príncipes eram sapos que com o tempo e com a dose certa de carinho e atenção se transformavam em garbosos exemplares de cavalheiros.

Sabiam agradar, conquistar uma mulher.

Na era moderna a tradição já não é o que era.......

Os sapos continuam sapos e nada os faz transformarem-se um Príncipes.

Mas o mais grave é que os raros "príncipes" que ainda restam com o tempo se transformam em sapos!

Perdem toda a magia com o convívio e alguns ficam tão horríveis que o melhor é fugir deles enquanto é tempo.

Mas é triste.

 Anda uma mulher a vida inteira à procura dum Príncipe e depois tem que viver com um sapo.............é uma injustiça!

 

Balzaquiana às 16:09
sinto-me: filosófica (deve ser do frio)
música: You got it - Roy orbison

blogs SAPO
mais sobre mim
Gosta de alguém que te ame, alguém que te espere, alguém que te compreenda mesmo nos momentos de loucura; de alguém que te ajude, que te guie, que seja o teu apoio, a tua esperança, teu amigo. Gosta de alguém que não te traia, que seja fiel, que sonhe contigo, que pense em ti, que pense no teu rosto, na tua delicadeza, no teu espírito. Gosta de alguém que sofra junto contigo, que ria junto a ti, que limpe as tuas lágrimas, que te abrigue quando necessário, que fique feliz com as tuas alegrias e que te dê forças depois de um fracasso. Gosta de alguém que volte para conversar contigo depois das brigas, depois do desencontro, de alguém que caminhe junto a ti, que seja teu companheiro, que respeite as tuas fantasias, as tuas ilusões. Gosta de alguém que te ame, que te respeite, que seja teu cúmplice. Gosta de alguém que te ame. Não gostes apenas do Amor, gosta de alguém que sinta o mesmo sentimento por ti, que goste realmente de ti.
As imagens aqui utilizadas foram quase todas retiradas da Internet
blogs SAPO