Que doce recordação!
Gostava de também ter uma assim: respira sensualidade este poema!
Gostei
Patricia a 25 de Agosto de 2008 às 16:21

Um dia tb vais ter alguém a enviar-te um poema especialmente para ti
Balzaquiana a 25 de Agosto de 2008 às 18:37

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres